O que é Literatura?
   Literatura no Brasil
  Biografias
  Quinhentismo
    Literatura Jesuítica
  Barroco
    Arte Barroca
    Características
    Barroco no Brasil
    Autores
  Arcadismo
    Autores
  Romantismo
    Características
    Poesia - autores
    Prosa - autores
    Teatro
    Quadro resumo
  Realismo e Naturalismo
  Laifis de Literatura
   [+] Mais

  Jogos on-line
  Exercícios resolvidos
  Provas de vestibular

  Área dos Professores
  Biblioteca Virtual
  Glossário
  Linguagem literária

  Curiosidades
  Linha do tempo
  Links interessantes
  Notícias
  Fale conosco

 
Busca Geral

 

Linha do Tempo

 

 

1500 - Viagem de Pedro Álvares Cabral. Chegada dos Portugueses ao Brasil.

1534 - Início da implantação das Capitanias Hereditárias.

1548 - Criação do Governo Geral do Brasil.

1549 - Fundação de Salvador, primeira cidade e primeira capital do Brasil.

1550 - Chegada dos primeiros escravos africanos.

1554 - Fundação do colégio São Paulo, pelos jesuítas.

1557 - Diálogo sobre a conversão dos gentios, de Padre Manuel da Nóbrega.

1565 - Fundação do Rio de Janeiro, segunda cidade do Brasil.

1587 - Tratado Descritivo do Brasil, de Gabriel Soares de Sousa.

1595 - Arte da gramática da língua mais usada na costa do Brasil, de José de Anchieta.

Quinhentismo

 

1601 - Prosopopeia, de Bento Teixeira.

1602 - Diogo Botelho lutou contra os índios aimorés e subjugou-os. Início do povoamento do Ceará.

1608 - Divisão do Brasil em dois governos: Brasil e Repartição Sul. Diogo de Meneses e Siqueira governou o norte e D. Francisco de Souza, o sul.

1612 - Restabelecimento da unidade administrativa por Gaspar de Sousa. Jerônimo de Albuquerque foi nomeado capitão-mor da conquista do Maranhão.

1624 - Invasão holandesa no Brasil.

1640 - Término da União Ibérica (domínio espanhol) e início da Dinastia de Bragança, em Portugal.

1655 - Sermão da Sexagésima, de Padre Antônio Vieira.

1693 - Descoberta de ouro em Minas Gerais por Antônio Rodrigues de Arzão.

1709 - Criação da capitania de São Paulo e das Minas de Ouro, independente do Rio de Janeiro.

1710 - Início da Guerra dos Mascates.

1750 - Tratado de Madri, anulando o Tratado de Tordesilhas.

Barroco

 

1768 - Obras, de Cláudio Manuel da Costa.

1769 - O Uraguai, de Basílio da Gama.

1776 - Independência dos Estados Unidos da América.

1777 - Inconfidência Mineira.

1781 - Caramuru, de Santa Rita Durão.

1792 - Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga

1808 - Vinda da Família Real para o Brasil.

1817 - Primeira publicação da Carta do Descobrimento, de autoria de Pero Vaz de Caminha.

1819 - Resolução isentando de direitos de entrada os livros impressos.

1821 - Decreto sobre a liberdade de imprensa no Brasil e suspendendo a censura prévia.

1822 - Proclamação da Independência do Brasil.

1824 - Dom Pedro I jura a primeira Constituição do Brasil.

1831 - Abdicação de Dom Pedro I.

1835 - Início da Guerra dos Farrapos, no Rio Grande do Sul.

Arcadismo

 

1836 - Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães.

1838 - Fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e do Arquivo Público.

1841 - Sagração e coroação de Dom Pedro II como imperador do Brasil.

1842 -O Juiz de Paz na Roça, de Martins Pena.

1843 - Canção do Exílio, de Gonçalves Dias.

1844 - A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo.

1845 - Aprovação do Bill Aberdeen (pemissão para abordar navios negreiros com destino ao Brasil).

1850 - Proibição do tráfico negreiro com a Lei Eusébio de Queirós.

1852 - Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida.

1853 - Lira dos Vinte Anos, de Álvares de Azevedo.

1855 - Inspirações do Claustro, de Junqueira Freire.

1857 - O Guarani, de José de Alencar.

1958 - O Guesa Errante, de Sousândrade (iniciou a composição)

1859 - As Primaveras, de Casemiro de Abreu.

1859 - Úrsula, de Maria Firmina dos Reis.

1862 - Lucíola, de José de Alencar.

1863 - Brasilianas, de Araújo Porto Alegre.

1865 - Guerra do Paraguai.

1869 - Vozes D'África: Navio Negreiro, de Castro Alves.

1870 - Publicação do Manifesto Republicano.

1872 - Inocência, de Alfredo Taunay.

1875 - A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães.

1876 - O Cabeleira, de Franklin Távora.

Romantismo

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Literatura. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.