Você está em Material de apoio > Realismo

A Literatura Realista (continuação)

Charles Dickens

Charles Dickens foi um dos escritores mais importantes da chamada era vitoriana, na Inglaterra do século XIX.

Pertencente à classe média baixa, o autor se dedicou a retratar as condições dos trabalhadores e dos habitantes das classes mais baixas de Londres. Sua crítica social residia, principalmente, no fato de a sociedade vitoriana permitir as condições extremas de pobreza de sua população operária.

Dickens foi um escritor popular que publicava seus romances em folhetim. Sua popularidade deu-se graças ao desenvolvimento dos personagens, que ganhavam a admiração dos leitores ingleses, aos diversos episódios humorísticos que formavam seus romances e às cenas em que descreve a cidade de Londres.

Além disso, seus romances, apesar de realistas, têm um viés melodramático e Dickens valorizou a infância, já que, na Inglaterra, era muito comum que as crianças trabalhassem nas fábricas (e o próprio Dickens começou a trabalhar desde muito jovem na indústria).

charles-dickens
Charles Dickens (1812-1870)

Seus livros mais importantes são Oliver Twist, As Aventuras de Pickwick, Um Conto de Natal, Grandes Esperanças e David Copperfield (considerado uma autobiografia).

Como referenciar: "Charles Dickens" em Só Literatura. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2020. Consultado em 27/10/2020 às 23:20. Disponível na Internet em http://www.soliteratura.com.br/realismo/realismo03c.php

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

O SONHO DE SER CANTOR

SOFRENDO COM A LÍNGUA PORTUGUESA